Ir para o conteúdo
Noticia Arquivada

Movimentação no Porto do Pecém cresce 13%

Setembro foi o segundo mês com maior incremento em 2018, ficando atrás apenas de março. Na comparação com setembro de 2017, o crescimento foi de 4% nos embarques e de 7% nos desembarques de mercadorias.
O Porto do Pecém, dois meses antes de finalizar 2018, apresenta crescimento no acumulado do ano. De janeiro a setembro foram movimentadas, através do porto cearense 13,1 milhões de toneladas, 13% a mais que o mesmo período de 2017.
No desembarque de cargas o crescimento também foi de 13 %, passando de 8.857.967 t em 2017, para 10.012.528 t em 2018, enquanto o embarque de cargas apresentou o aumento de 12%, acumulando a alta de 3.130.097 t.
Entre as principais cargas movimentadas através de Pecém, o destaque são os graneis sólidos, que representam 62% das movimentações, seguido de carga geral solta (20%), carga conteinerizada (16%) e os graneis líquidos (2%).
Segundo Danilo Serpa, até o final de ano o a expectativa é de que o porto ultrapasse a marca de 2017. “No ritmo em que estamos, a expectativa é superar a marca do ano passado. Temos investido em equipamentos, infraestrutura e para atrair cada vez mais cargas para o Pecém”.
Placas de aço


As placas de aço, produzidas pela siderúrgica instalada no CIPP, são uma das cargas mais movimentadas através do Pecém. O total de placas movimentadas este ano é de 2.274.236,02 toneladas.  Entre os principais destinos da mercadoria estão: Estados unidos (36,49%), Turquia (17,22%), Coréia do Sul (7,02%), Brasil (5,94%), e Polônia (5,59%).