Ir para o conteúdo
Notícia

Dias melhores estão chegando

Colaboradores do Complexo do Pecém compartilham o que sentiram ao serem imunizados contra Covid-19

Atualmente, o Ceará soma mais de 940 mil segundas doses aplicadas da vacina contra a COVID-19. Glauber Muniz e Jairo Torres, colaboradores do Complexo do Pecém, estão entre esses contemplados. Os dois fazem parte do grupo prioritário de vacinação por conta da faixa etária e, agora, representam a chegada de dias melhores para todos nós.

Dona Glauber exibe orgulhosamente seu cartão de vacinação

A pandemia não foi fácil para Glauber. A colaboradora conta que o novo estilo de vida lhe rendeu um grande aprendizado. “Acredito que os acontecimentos e mudanças fizeram com que, hoje, eu tenha um novo entendimento de mundo”, diz. Dona Glauber, como é carinhosamente chamada, trabalhava de casa desde o início da pandemia e revela que, além da rotina, o que mais sentiu falta durante o tempo de distanciamento foi de seus colegas de trabalho da ZPE Ceará.

No fim de março, a colaboradora do setor financeiro da empresa tomou a tão sonhada segunda dose da vacina. Aos poucos, está retornando ao trabalho presencial e reencontrando os colegas com quem divide os dias há oito anos.  “Eles são minha segunda família. Aprendi a amar todos”, conta. Agora, Glauber se sente mais protegida, mas ressalta que vai continuar com os cuidados pessoais. “Agradeço a Deus pela vacina, mas sei que devo manter os novos hábitos de proteção e higiene para também preservar as pessoas com quem convivo”, finaliza.

“Linha de frente” em casa

Com uma filha diabética, Jairo Torres conta que ficou muito apreensivo quando começou a pandemia gerada pelo novo coronavírus. Por fazer parte do grupo de risco, o engenheiro civil, que trabalha há 17 anos no Complexo do Pecém, ficou a maior parte do tempo em home office.

Além das funções do trabalho remoto, Jairo conta que, dentro de casa, atuava na “linha de frente”, já que era o responsável pelos cuidados de higienização da família. “Tivemos todos os cuidados necessários e seguimos as orientações de isolamento. Eu limpava e desinfetava a casa todos os dias, além de todos os alimentos que chegavam do supermercado”, lembra o engenheiro.

Com a segunda dose da vacina, Jairo se sente mais aliviado, mas conta que permanece com os cuidados e hábitos adquiridos durante esse último ano. “Hoje, estou mais esperançoso e menos preocupado. Espero que essa situação acabe logo”, afirma o colaborador.

Até o momento, 14 colaboradores do Complexo do Pecém receberam a segunda dose da vacina. Ressaltamos que notícias relacionadas ao avanço das fases de imunização para contemplar trabalhadores portuários serão comunicados nos nossos canais internos.

Você já se vacinou?

Para garantir um ambiente seguro de trabalho para todos, o setor de Gestão de Pessoas permanece realizando o acompanhamento com seus colaboradores. 

Assim, se você já tomou a primeira ou segunda dose da vacina, não esqueça de enviar uma foto do seu CARTÃO DE VACINAÇÃO para o Whatsapp: (85) 98769 – 0996.