Ir para o conteúdo
Noticia Arquivada

Desapropriações para refinaria até o fim do ano

Tudo caminhado dentro do cronograma. Segundo o secretário de Infra-estrutura do Estado do Ceará, Adail Fontenele, até o fim deste ano todas as desapropriações que precisam ser feitas para receber a refinaria Premium II, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) deverão estar concluídas. ´A burocracia é grande, mas estamos equacionando para que a Petrobras esteja com os terrenos até o dia 31 de dezembro´, informou Adail.

Enquanto isso, a Casa de Força da Refinaria Abreu e Lima (em Pernambuco), mobiliza atualmente 318 pessoas e entrará agora na fase de estaqueamento, com a abertura de mais 100 vagas. O pico da obra, entretanto, somente será atingido entre maio e junho do ano que vem, quando serão demandados 1.800 trabalhadores ao mesmo tempo.

A empresa Alusa foi contratada pela Petrobras pela quantia de R$ 966 milhões.

Siderúrgica

Enquanto se aguarda que seja remarcada a data para assinatura do memorando de entendimentos da Companhia Siderúrgica de Pecém (CSP), os investidores da Dongkuk consideram “normal” que o evento tenha sido adiado por duas vezes pois “não prejudica os trabalhos que estão em andamento”, informou a empresa por meio de sua assessoria de imprensa. “Os investidores estão em consonância com o Governo, pois o interesse no sucesso do projeto é de todas as partes envolvidas”.

A princípio, a assinatura do documento seria no último dia 14 de maio, mas foi remarcada para a semana seguinte (21) a fim de atender à agenda da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. O segundo adiamento ocorreu em virtude da internação da ministra que era convidada especial para o evento e para uma reunião de avaliação dos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Estado.

´Houve um imprevisto que resultou no adiamento pela segunda vez, mas não tem problema. Logo retomaremos a agenda´, assegurou o secretário Adail Fontenele.

 

(Fonte: Diário do Nordeste – Fortaleza – Editoria: Negócios)